Elaboração e Significação do Gesto nas Aulas de Educação Física: Processos de Mediação Docente

Por: .

VI Congresso Sudeste de Ciências do Esporte

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho faz parte de uma pesquisa de doutorado que tem como objetivo central compreender os processos de elaboração e significação acerca dos conhecimentos relacionados às práticas corporais, tendo em vista que essas são fundadas na relação entre o biológico e o cultural, no fazer e no compreender de maneira indissociável. Com base nessa compreensão, foi realizada uma pesquisa de campo na qual acompanhamos o trabalho de uma professora de educação física em sua atuação com crianças da educação infantil durante um semestre, registrando em diário de campo as aulas em acontecimento. Tendo como pressuposto a ideia que a educação física ainda é uma área que se ancora principalmente nos aspectos biológicos, nossa análise tem pretendido localizar indícios de como a mediação da professora contribui para a elaboração dos conhecimentos do/sobre o corpo e também quais os sentidos atribuídos a esses conhecimentos pelas crianças na relação com a professora. Buscamos na teoria histórico-cultural e também na teoria enunciativa-interpretativa, elaboradas respectivamente por Vygotsky (2003) e por Bakhtin (2004), os princípios explicativos que sustentam nossa reflexão. De acordo com essa perspectiva, o processo de elaboração e significação do gesto acontece nas relações interindividuais e históricas estabelecidas em condições sociais concretas de existência, nas quais as atividades interpessoais se internalizam e passam a ser intrapessoais, incorporando formas  culturais de comportamento (VYGOTSKY, 2003). Para Smolka (2010, p. 114) “um gesto é, assim, um movimento marcado/transformado por uma relação social, no qual se inscreve a significação”. Os seres humanos são constituídos por um complexo tecido feito de músculos, ossos, células e também por encontros, desencontros, aceites, recusas, valores compartilhados com outros sujeitos. A partir dessa visão, o gesto se constitui como signo ideológico, porque criado por um grupo socialmente organizado. O gesto ideologicamente constituído se materializa no terreno interindividual, ou seja, no encontro entre sujeitos que dançam, que lutam, que brincam, que jogam, que praticam esportes, que fazem ginástica. A análise do material produzido na investigação está em andamento e permite reconhecer que a mediação sistemática da professora tem possibilitado intensos processos de elaboração e significação pelas crianças dos conhecimentos do/sobre o corpo nas aulas de educação física; permite, ainda, compreender como o gesto se materializa concretamente no terreno interindividual.

Endereço: http://cev.org.br/eventos/vi-congresso-sudeste-de-ciencias-do-esporte/trabalhos/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.