Elaboração de Teste Anaeróbi0 em Tenistas (tat)

Por: Claudia Regina Cavaglieri e Telmo Bahia Carvalho.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.13 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo propor um Teste Específico Anaeróbio para Tenistas (TAT) respeitando a especificidade das ações motoras do jogo de tênis. Para observar a validade e reprodutibilidade do TAT, 13 indivíduos do sexo masculino, atletas juvenis da modalidade tênis com idade de 15 a 18 anos, foram submetidos a três situações de teste, com quatro dias de intervalo entre eles: 1. Teste Anaeróbio de Curta Distância (RAST); 2. Realização do Teste Anaeróbio para Tenistas (TAT); 3. Segundo momento do teste TAT. O TAT consiste na realização dos gestos técnicos do tênis. Como resultado principal na realização do TAT, foi obtida a concentração sanguínea média de lactato de 9,13 mmo.l–¹ ± 3,13 e de 8,69 mmo.l–¹ ± 2,74 no 1º e no 2º momentos de aplicação do TAT, respectivamente. A frequência cardíaca média foi de 192 ± 10,72 bpm após o teste, e 191,31 ± 7,89 bpm no reteste. Foi aplicada a correlação de Pearson entre os testes TAT e RAST, a correlação se mostrou forte e significativa, sendo os valores de 0,664  menor tempo, 0,604 para o maior tempo, e 0,729 no tempo médio. O coeficiente de variação e o desvio padrão se mostraram baixos nas variáveis observadas. Esses resultados indicam a validade e reprodutibilidade do protocolo TAT, para avaliação, acompanhamento e adequação do treinamento de tenistas.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/4034/4997

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.