Elementos Sobre a Configuração do Campo das Atividades Físicas Para Idosos no Brasil

Por: Edmundo de Drummond Alves Junior, Ludmila Mourão e Silvio de Cassio C. Telles.

Licere - v.18 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Com o passar dos anos, a relação entre o idoso e a atividade física se tornou extremamente comum na sociedade. A mídia, o saber médico e o Estado propagam a importância de um estilo de vida ativo, afeto ao lazer, que potencializa as chances de longevidade. Este estudo buscou compreender como o campo das práticas de atividades físicas para os idosos se configurou no Brasil. Através de quatro entrevistas não estruturadas, do tipo guiada, construímos uma versão para o processo de gênese das práticas de atividades físicas para idosos. A Teoria do Campo de Pierre Bourdieu possibilitou analogias e interpretações das prováveis influências entre diversos campos sociais, primordialmente com o campo internacional. O período compreendido entre 1960 e 1980 foi o recorte temporal utilizado. Observou-se que a influência dos campos econômico, político, da saúde e educacional, em maior ou menor escala, acabou por forjar o campo da prática de atividade física pelo idoso na sociedade brasileira.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1048

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.