Empoderamento de Afro-brasileiros no Futebol: o Projeto Atleta Cidadão do Futuro Como Espaço de Inclusão Social

Por: Lucas Vieira de Lima Silva.

2013 24/07/2013

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho de tese trata sobre o empoderamento no futebol como um espaço que deve contribuir para a inclusão social de sujeitos afro-brasileiros das camadas pobres, participantes de escolinhas destinadas à formação de atletas no estado da Paraíba. O interesse pelo tema surgiu tanto em função de nossa relação pessoal com o futebol quanto por nossa formação acadêmica (inicial e continuada). Durante esse período, fizemos uma série de leituras e estudos que, mais adiante, despertariam nosso interesse pelo tema. Essa trajetória embrionária nos inquietou ainda mais e desencadeou todo um processo de estranhamento sobre o motivo da significativa presença de afro-brasileiros praticando esse esporte. Assim, surgiu-nos um primeiro questionamento: quais são as razões que levam esse segmento da população brasileira a perseverar no futebol, mesmo, contraditoriamente, vivenciando todo um contexto de discriminação, preconceito e racismo? Com essas incursões preliminares, sentimo-nos instigados a analisar como esse esporte, através do Projeto Atleta Cidadão do Futuro (PACF), contribui para o empoderamento de afro-brasileiros pobres e excluídos de Campina Grande-PB, conduzindo-os à inclusão social. Como base teórico-conceitual, selecionamos as noções de empoderamento e de inclusão social, articuladas à História Vista de Baixo, por entendermos que os sujeitos investigados, mergulhados num brutal processo de exclusão e pobreza, são, eles mesmos, os únicos capazes de contar a história da qual fazem parte. Desse modo, relacionamos esse referencial com a realidade dos entrevistados, destacando suas formas de pensar e de agir diante das atividades que realizam como meio de superação das adversidades sociais e econômicas. De abordagem qualitativa, a pesquisa compreendeu as suas dimensões bibliográfica, documental e de campo. Os instrumentos utilizados para a obtenção das informações foram o questionário sociodemográfico e a entrevista semiestruturada, aplicados diretamente no campo da pesquisa, tanto aos atletas em processo de empoderamento (os que estão se formando pelo PACF) quanto os empoderados (os que se formaram pelo PACF). Para tanto, tomamos como base documentos, arquivos, as falas de professores, colaboradores e, principalmente, os depoimentos dos atletas, sujeitos centrais de nossa pesquisa. De forma complementar, fizemos observações, filmagens e fotografias dos espaços e dos sujeitos, suas ações e seus comportamentos, o que nos ajudou nas descrições e nas análises subsequentes. Os resultados obtidos na investigação em tela mostraram que o futebol, através do PACF, ao retirar crianças e jovens das ruas e possibilitar que se tornem atletas/cidadãos, permite que tenham sonhos e esperanças por uma vida melhor. Portanto, não é somente um espaço de empoderamento, mas também de inclusão social para eles e seus familiares.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.