Ensino de Dança na Escola: Concepções e Práticas na Visão de Professores

Por: Cecília Silvano.

155 páginas. 2016 19/04/2016

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa tem como foco o ensino de dança na escola, sendo conduzida pelo seguinte objetivo: compreender como professores com formação superior em dança (bacharel ou licenciado), que atuaram ou estão atuando na educação básica pública, concebem o ensino de dança e, além disso, o que fazem (se fazem) a favor da sua inserção no currículo escolar. O referencial teórico contempla três chaves analíticas: i- Didática e Formação de Professores, com base em Cochran-Smith e Lytle (1999; 2002), Gauthier (2006) e Schön (2000); ii- currículo multicultural, com base em Canen/Ivenicki (2012; 2014); iii- ensino da dança na escola, com base em Marques (2010; 2011; 2012) e Strazzacappa (2012). Metodologicamente, operou-se com análise documental e entrevista semiestruturada. No que se refere à análise documental, foram examinados documentos destinados ao ensino de arte/dança, de abrangência nacional, local e aqueles referentes à formação do professor de dança. A análise documental considerou três eixos norteadores: i- concepções para o ensino de dança; ii- objetivos e conteúdos curriculares propostos; iii- competências e habilidades. As entrevistas foram realizadas com oito professores de dança de cinco diferentes Redes públicas de ensino e uma pesquisadora da área. A análise dos dados construídos a partir das entrevistas foi estruturada em quatro eixos: i- a inserção da dança no currículo escolar; ii- a especificidade da dança na escola; iii- concepções metodológicas para o ensino de dança na escola; iv- Interdisciplinaridade e o ensino de dança na escola. Os resultados da pesquisa indicam que: i- existe um fosso entre o aspecto legal e o que efetivamente acontece no contexto do currículo escolar; ii- prevalecem duas posições para o ensino de dança nos documentos oficias, a dança através da arte e a dança através da educação física, fato que pulveriza esforços e não contribui para a afirmação da dança no currículo; iii- a formação do professor de dança revela um amálgama de saberes (artísticos, pedagógicos e da ação docente); iv- a inserção da dança no currículo é um desafio evidente para os professores; v- as concepções, metodologias e estratégias utilizadas pelos professores de dança são plurais; vi- é possível a inserção da dança no currículo a partir do pressuposto da interdisciplinaridade, desde que os desafios da formação, da organização curricular e das condições do estabelecimento escolar sejam enfrentados.

Endereço: http://www.eefd.ufrj.br/stricto-sensu

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.