Ensino dos Esportes Coletivos de Invasão no Ambiente Escolar: da Teoria à Prática na Perspectiva de Um Modelo Híbrido

Por: , e Luciane Cristina Arantes da Costa.

Revista da Educação Física - UEM - v.27 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo estruturar e realizar um programa de intervenção do ensino dos esportes coletivos de invasão (futsal, basquetebol e handebol) verificando sua viabilidade pedagógica no ambiente escolar. Participaram da investigação duas turmas do ensino fundamental (6º e 7º ano) de uma escola pública do estado do Paraná. O processo de intervenção pedagógica foi realizado após a elaboração do planejamento das unidades didáticas, tendo como referência os princípios do Modelo Desenvolvimentista (MD) e do Modelo de Educação Desportiva (MED), denominado de modelo híbrido. As aulas foram fotografadas e filmadas e as unidades didáticas foram previamente estruturadas a partir de lógica de dificuldade crescente. A análise dos dados considerou as informações do diário de campo e as imagens das aulas (fotografia e filmagem), por meio de narrativa pessoal e códigos de análise. As evidências demonstraram que o modelo híbrido de ensino (MD-MED) pode ser viável na realidade investigada apesar das dificuldades estruturais encontradas, compreendendo uma importante alternativa aos modelos tradicionais de ensino dos esportes coletivos.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/27510

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.