Entrando no Jogo: Reflexões Sobre os Docentes, Acadêmicos e da Tradição Para Pensar o Ensino da Capoeira na Escola

Por: Rayanne Medeiros da Silva.

2018 09/03/2018

Send to Kindle


Resumo

Sabemos que a capoeira é uma manifestação afro-brasileira que se consolidou historicamente nas entranhas da tradição, mas que hoje permeia diversos espaços. Cientes disto, acreditamos que o processo de transmissão dos saberes da capoeira se configura pela alteridade e que os distintos saberes tais como o da tradição, o acadêmico e o dos docentes se relacionam com esta manifestação cultural, dando-lhe diferentes sentidos e significados. No entanto, consideramos que se faz necessário refletir como a área da Educação Física – recorte do universo acadêmico - tem estabelecido relação com o saber da capoeira que advém do espaço da tradição. São lógicas, tempos e espaços distintos ao se pensar o mesmo saber. Nesta empreitada, a presente dissertação se propõe dialogar com estes diferentes saberes construídos e estabelecidos socialmente para analisarmos como a capoeira chega ao contexto escolar enquanto conteúdo da Educação Física. Com isso, surgem nossas questões de estudo: como a produção do conhecimento em Educação Física se organiza para propor o ensino da capoeira no ensino básico? O ensino da capoeira na Educação Física escolar considera os saberes da tradição enunciados pelos mestres de capoeira? A luz destas questões, apresentamos como objetivo geral deste escrito identificar e discutir o trato pedagógico do ensino da capoeira na Educação Física escolar, considerando os diferentes saberes que influenciam a prática docente. Para tanto, recorremos como caminho metodológico a abordagem da pesquisa qualitativa de cunho descritivo. Inclinados a ouvir o que os saberes da tradição tinham a depor sobre a capoeira e os seus processos de ensino-aprendizagem, entrevistamos seis mestres de capoeira como representantes dessa manifestação. Buscando conhecer também o que dizem os saberes acadêmicos, invocamos cinco livros do campo da Educação Física como produção deste universo que indicam como a capoeira pode ser materializada na escola. Ambas foram analisadas pela técnica de análise de conteúdo proposta por Laurence Bardin. Ademais, buscando entrelaçar o resultado destas análises, entrevistamos os professores de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) para perceber como estes acionam a capoeira e se eles se aproximam destas duas matrizes do conhecimento. Apontamos sobre a necessidade de considerar os saberes da capoeira que se consolidou através da tradição, pois identificamos o quanto este espaço depõe com legitimidade sobre os processos de ensino desta prática. Reconhecemos também a unidade que seguem os livros analisados e que de certa forma, dialogam com os saberes enunciados pelos mestres. Sobre o acionamento da capoeira na escola nota-se que ainda é fragilizada, mas que há um reconhecimento dos professores de Educação Física do IFRN sobre sua importância histórica e cultural, além do incipiente diálogo dos professores da escola com o universo da tradição.

Referência: SILVA, Rayanne Medeiros da. Entrando no jogo: reflexões sobre os docentes, acadêmicos e da tradição para pensar o ensino da capoeira na escola. 2018. 111f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

Endereço: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25372

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.