Entre a Fúria e a Loucura Análise de Duas Formas de Torcer Pelo Botafogo Futebol e Regatas

Por: Isabella Trindade Menezes.

204 páginas. 2010 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse trabalho, que está inserido no campo da Memória Social, na interface com os estudos da linguagem, da Antropologia, da Sociologia e da História Social, é apontar em que medida o processo de modernização e espetacularização do futebol possibilitou ou, até mesmo, impulsionou o surgimento de novas formas de torcer. Nesse sentido, investigamos dois grupos de torcedores do clube carioca Botafogo Futebol e Regatas, quais sejam: a torcida organizada Fúria Jovem do Botafogo e o “movimento” Loucos pelo Botafogo. Como subsídio para ancorar nossas análises, utilizamos a etnografia dos dois grupos em momentos de torcer e quatro entrevistas individuais com integrantes dos grupos estudados. Diante disso, analisamos as diferentes identidades produzidas por esses grupos, a partir do arcabouço da Sociolunguistica Interacional com os conceitos de enquadre, alinhamento e pistas de contextualização (GUMPERZ, GOFFMAN; 2002), de habitus (BOURDIEU, 2007), individualização (ELIAS, 1994) e clubismo (DAMO, 2007), em relação às transformações do futebol e, consequentemente, do torcedor. À título de conclusão podemos apontar que o habitus dos torcedores estudados tem acompanhado as mudanças da matriz espetacularizada do futebol, assim como as identidades dos dois grupos são relacionais. 

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.