Entre a Profissionalização e a Escolarização: Projetos e Campo de Possibilidades em Jovens Atletas do Colégio Vasco da Gama.

Por: Carlus Augustus Jourand Correia.

258 páginas. 2014 07/02/2014

Send to Kindle


Resumo

O Laboratório de Pesquisas em Educação do Corpo vem se dedicando a analisar como os jovens atletas conciliam as atividades relativas à profissionalização no esporte e os estudos. Nesta pesquisa, tratei sobre esse tema com os jovens atletas em formação de 3 modalidades esportivas da escola do Vasco da Gama. O principal problema abordado no estudo é compreender, de acordo com as configurações de cada modalidade, por que alguns jovens decidem dividir a sua rotina diária entre duas atividades que exigem tempo e dedicação; e como eles realizam essa conciliação. Com base na construção do problema de pesquisa, o objetivo do trabalho primeiramente foi analisar as possíveis diferenças na conciliação entre esporte e escola em cada modalidade, a saber, futebol, remo e atletismo. Além disso, também procuramos identificar o papel da escola do Vasco da Gama dentro desse processo de conciliação. O referencial teórico-metodológico que sustentou esta pesquisa teve como balizadores os conceitos, de projeto individual, campo e habitus. A utilização desses conceitos possibilitou toda a análise dos dados. O que tentamos explicar durante o estudo foi: como as diferentes modalidades analisadas realizam o processo de conciliação entre o esporte e a escola e qual a função da escola do Vasco da Gama nesse processo? Para responder esse questionamento central, foi realizado um survey com os 180 alunos existentes no colégio. Entre esses alunos-atletas foram escolhidas três modalidades para análise: atletismo, futebol, remo. Elas foram selecionadas porque juntas constituem aproximadamente 88% dos alunos do colégio. A partir desse survey foram coletadas entrevistas até o ponto de saturação em cada uma das modalidades esportivas nas duas últimas categorias delas. A escolha pelas duas últimas categorias parte da premissa, já debatida em estudos acadêmicos, de que nesse momento a possibilidade maior de profissionalização impõe uma maior tensão entre a prática esportiva e escolar. Os resultados mostraram que a modalidade esportiva na qual os atletas em formação estão inseridos influencia nas possibilidades de conciliação entre o esporte e a educação dentro do clube do Vasco da Gama. Há modalidades que, quer pela configuração do seu campo esportivo, quer pelo volume diário de treinos, de competições, e de deslocamentos, possuem maior dificuldade de conciliar o tempo da escola com tempo destinado ao esporte. Os resultados também evidenciaram que a escola do Vasco da Gama desempenha um papel importante no processo de conciliação entre as obrigações escolares e esportivas. Para isso, contribuem os mecanismos explícitos para a flexibilização das rotinas escolares desses atletas, como por exemplo, o abono das faltas para viagens esportivas e competições, a remarcação de provas, e o abono dos atrasos dos alunos desde que comprovado o motivo esportivo. Palavras-chave: Política; Educação; Jovens; Esporte; Escola; Atletas

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.