Entre Etnicidade e Ludicidade: Brincadeiras das Crianças Indígenas Tremembé de Itarema, Ceará, Brasil

Por: Arliene Stephanie Menezes Pereira, Iraquitan de Oliveira Caminha e Mileyde Bárbara Santos Silva.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.24 - n.259 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Os Tremembé são um grupo ameríndio do Brasil, residentes no Brasil, no estado do Ceará, conhecidos sobretudo pelo Torém, seu ritual ancestral. Entre as crianças desta etnia, chama a atenção as brincadeiras e a aproximação com o meio cultural que integram especificações acerca da natureza, rituais, adornação corporal, influência esportiva e historicidade. Direcionamos então este trabalho nos seguintes questionamentos: “Quais são as brincadeiras dessas crianças? Que relações (inter) culturais podemos fazer a partir da observação dessas brincadeiras?” Objetiva-se para este estudo a descrição, considerações e reflexões sobre os modos de brincar destas crianças e sua aproximação com o meio cultural estimulado pelas especificações que integram a natureza, a sazonalidade, os rituais, os desenhos corporais, a influência moderna esportiva, suas parlendas e histórias. Para este intento foi utilizado a etnografia como processo metodológico, sendo realizadas visitas in loco entre os anos de 2009 a 2019. Como achados desta pesquisa têm-se que a apropriação nas construções das práticas lúdicas infantis Tremembé têm envolvimento com seu meio sociocultural e na qual as crianças são protagonistas dessas, das aprendizagens e de suas descobertas. Concluindo que a ludicidade dessas crianças se entrelaça com dimensões cosmológicas próprias e se modifica através de contatos étnicos distintos.

Endereço: https://www.efdeportes.com/index.php/EFDeportes/article/view/1689

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.