Entre Remediar e Prevenir: Uma Etnografia Sobre o Manejo da Dor e dos Limites Corporais em Academias de Ginástica do Rio de Janeiro

Por: Jaqueline Ferreira e Lan Camargo Silva.

Pensar a Prática - v.21 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O estudo objetivou analisar as representações sociais das dores e as atitudes face às mesmas por alunos e professores de Educação Física na musculação de duas academias de ginástica: uma de grande porte de um bairro considerado nobre e outra de pequeno porte localizada em um bairro dito popular na cidade do Rio de Janeiro. Foi realizada uma etnografia com observação participante nas duas academias durante um ano. Os dados indicaram que os alunos da academia de pequeno porte tendiam a remediar as dores e os alunos da academia de grande porte, a preveni-las. Os professores, mesmo tendo o prevencionismo biomédico como referencial, orientavam sua prática de acordo com a exigência mercadológica desses estabelecimentos.

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/39631

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.