Epistemologia da Educação Física: Análise da Produção Científica do Programa de Pós-graduação da Faculdade da Educação Física da Unicamp (1991-2008)

Por: Júlia Paula Motta de Souza.

2011 30/09/2011

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa realizou uma análise epistemológica da produção científica (teses de doutorado e dissertações de mestrado) do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) de 1991 a 2008. Pautou-se pela questão: quais as características epistemológicas da produção deste Programa, com atenção especial a articulação lógica entre técnicas, métodos e teorias utilizados nas pesquisas e os pressupostos gnosiológicos e ontológicos e qual a sua relação com as condições institucionais dessa produção? Foram identificadas e analisadas as tendências temáticas, as formas de tratamentos teórico-metodológicas e as linhas de desenvolvimento dessa produção. Para a compreensão dessa produção foram recuperadas suas relações com as condições históricas, tais como: história da educação física, da pós-graduação no Brasil, políticas nacionais para ciência e tecnologia e histórico do programa onde as pesquisas foram realizadas. Para o registro e análise da produção foi utilizada uma matriz epistemológica que ajudou a reconstituir a lógica interna de cada pesquisa, interrelacionando seus diversos níveis (técnico, metodológico, teórico, epistemológico) e pressupostos (lógico-gnosiológicos e ontológicos). A articulação entre a lógica reconstituída e as condições históricas da produção (método lógico-histórico) permitiu chegar aos resultados, dentre os quais se destacam: a) a maior parte das pesquisas utiliza a abordagem empírico-analítica, seguida pela abordagem fenomenológico-hermenêutica, essas duas abordagens geram uma tensão no campo científico, explicitando uma manifestação interna das 'guerras da ciência' entre as biológicas e as humanas; b) com alguma distância encontra-se a abordagem dialética e recentemente a abordagem pósmoderna, abordagens que apontam perspectivas críticas e anunciam epistemologias alternativas; c) confirma-se a contribuição da investigação epistemológica, ou a pesquisa sobre a pesquisa, que possibilita caracterizar e problematizar a formação de um campo científico específico. Nesse sentido, espera-se que esta pesquisa ofereça um mapeamento e análise da produção de um dos programas de pós-graduação mais produtivos do país e contribua para um processo de auto-reflexão e auto-crítica no campo científico da educação física. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000849120&opt=4

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.