Equação Preditora de Idade óssea na Iniciação Esportiva Através de Variáveis Antropométricas

Por: Breno Guilherme de Araujo Tinoco Cabral, Kenio Costa de Lima, Paulo Moreira Silva Dantas, Roberto Vital, Suzet de Araujo Tinoco Cabral, Tabata Alcantarav e .

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.19 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO: Atualmente o desempenho esportivo tem se desenvolvido de forma rápida e concreta, exigindo, dessa forma, uma eficiente evolução das diferentes áreas das ciências do esporte, oferecendo o suporte cientifico necessário à continuidade desse fenômeno. 
OBJETIVO: O estudo em questão teve como objetivo desenvolver uma equação matemática preditora de idade óssea de jovens atletas, com base em variáveis antropométricas. 
MÉTODOS: Para se alcançar o resultado final foram medidas dobras cutâneas, perímetros corporais e diâmetros ósseos, idade cronológica e idade óssea. O tratamento estatístico utilizou a correlação entre as variáveis, a regressão linear múltipla com modelagem backward. 
RESULTADO: Se obteve como resultado final um modelo de equação que explica 75,4% da variação da idade óssea com r = 0,868 e R2 = 0,754, utilizando idade cronológica, estatura, dobra tricipital, perímetro corrigido de braço e diâmetros de fêmur e úmero. 
CONCLUSÃO: Concluiu-se a partir dos resultados, que esse tipo de modelo revela valores aproximados aos observados através da radiografia de mão e punho, tornando-se importante na observação do estágio maturacional através de testes de fácil aplicabilidade por profissionais da área esportiva.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922013000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.