Equitação e Volteio com Crianças Carentes: Uma Proposta Educacional

Por: Mirja Jaksch Weller.

1998 18/12/1998

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho propôs elaborar, implantar, desenvolver e avaliar um programa de equitação e volteio para crianças carentes de sete a doze anos. As crianças foram submetidas ao programa que oferece um meio com condições adequadas ao seu desenvolvimento, com base, especialmente, nos recursos que o cavalo oferece para estimular o desenvolvimento de crianças e dos jovens. Este trabalho também faz uma contribuição para a área de esporte ao organizar um programa de volteio para fins educacionais. A revisão bibliográfica contribuiu para uma melhor compreensão das particularidades sócio-culturais das crianças estudadas, o desenvolvimento da criança e a contribuição biopsicossocial do programa de equitação e volteio. O método utilizado foi a pesquisa-ação e procedimentos etnográficos. O programa foi constantemente avaliado por meio de registros das manifestações das crianças durante a aula. A avaliação do programa foi feita com as seguintes medidas: O desenvolvimento físico e motor por meio da antropometria e testes motores; O diagnóstico da personalidade por meio do teste de desenho (Campos, 1993); O desenvolvimento cognitivo da criança por meio do desenho da figura humana (manual para crianças brasileiras Wechsler, 1996); A Avaliação do auto conceito em diferentes meios; Os Registros dos significados atribuidos ao volteio por diferentes pessoas relacionadas ao programa e; O significado que a criança atribuiu ao volteio. O programa de atividade desenvolvido nesta pesquisa foi descrito pelos seguintes itens: os elementos técnicos, os passos básicos de uma aula de volteio, alguns princípios de relações humanas no processo e as quatro fases do programa que qualificam a evolução da criança no mesmo. Nesta pesquisa algumas observações foram feitas: Rápida familiarização das crianças com o programa; Um aumento da qualidade de suas relações, caracterizado por uma diminuição das agressões; Um aumento do autocontrole e um respeito ao cavalo pela criança em diferentes dimensões; As crianças tiveram melhor autopercepção nas aulas de volteio, se comparadas com outros microssistemas como a escola.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000189224&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.