Espaço Interpessoal na Dança de Salão

Por: Ana Clara de Souza Paiva, Catia Mary Volp, Lilian Mayumi Otaguro e Sandra Regina Garijo de Oliveira.

Motriz - v.8 - n.2 - 2002

Send to Kindle


Resumo

O contato corporal exigido na dança de salão pode não ser confortável para aquele que dança. O objetivo deste estudo foi verificar se há relação entre aproximação/distanciamento dos casais, durante a dança de salão (Valsa), com o “melhor dançarino”; “pior dançarino”; “com quem mais se gosta de dançar”; “com quem menos se gosta de dançar”. Participaram 24 alunos de graduação matriculados na disciplina "Dança de Salão". Todos os alunos responderam a um sociograma e, em seguida, foram filmados enquanto dançavam Valsa Vienense. Os resultados demonstraram que há aproximação dos casais quando o par é o “melhor dançarino”, ou é a pessoa “com quem mais se gosta de dançar” e também que há um distanciamento dos casais quando o par é o “pior dançarino”, ou é a pessoa “com quem menos se gosta de dançar”. Palavras Chave: Dança de salão; contato corporal

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/08n2/SOliveira.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.