Espaço Público de Lazer das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais: o Espaço a Ser Conquistado

Por: .

2005 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho faz o levantamento das definições dos temas: lazer, pessoas portadoras de necessidades especiais (PPNE's), espaços públicos de lazer, políticas públicas, acessibilidade. Vamos discutir as inadequações físicas dos equipamentos urbanos de um modo geral, dos equipamentos de lazer. Existe um outro conjunto de fatores, o qual chamaremos de barreiras sócio-culturais. Alguns dizem não existir barreiras para a prática do lazer. De um modo geral, as pessoas não conseguem "ler nas entrelinhas" a situação social brasileira atual. Não percebem que os determinantes sócioeconômicos ditados pela ideologia do lucro são os geradores dos preconceitos e das desigualdades que enfrentam não só para prática do lazer em equipamentos específicos como em todas as esferas da vida cotidiana. Neste trabalho, estudaremos as barreiras sócio-culturais que interferem no lazer das Pessoas em Portadoras de Necessidades Especiais (PPNE's). Para isso, acredito ser necessário diagnosticar os conteúdos culturais (atividades) mais vivenciados nos momentos de lazer, com que freqüência (tempo) e em que locais (espaços) acontecem, bem como perceber as formas de participação e organização das atividades (atitudes) de lazer. Por buscar esses dados no ambiente natural onde se encontram essas pessoas, ou espaços de lazer, e por ter como principal instrumento de pesquisa o próprio espaço, caracterizamos essa pesquisa como qualitativa, a fim de detectar as dificuldades que eles, Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais, encontram para ter acesso ao lazer. Através das respostas às nossas indagações, foi possível chegar a algumas conclusões, que podemos assim resumir, existem barreiras para o lazer das PPNE's que podem ser assim consideradas: "arquitetônicas e/ou físicas". Nesse caso, incluímos os problemas encontrados na aplicação da Legislação vigente, completa, porém não praticada na sociedade e principalmente "barreiras atitudinais", que se referem às atitudes da sociedade em geral para com essas populações. Acredito que esses dados possam servir como um diagnóstico inicial, de fundamental importância para criar o planejamento de atividades de lazer nessa área sendo realmente eficaz e efetivo. Com isso, pensamos ter dado "o primeiro impulso" no sentido de que, através da reflexão do lazer e dos espaços destinados e apresentados pela sociedade, as Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais possam superar algumas de suas limitações, seja de ordem física, pessoal ou social, todas elas injustamente impostas pelo tempo/comportamento da sociedade.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.