Espaço Sustentável Para o Brincar na Escola

Por: , Daphyne Domingues Barbosa, e Priscila Batista Urio.

XXIII ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

Este estudo se realizou através de pesquisa quantitativa, com a participação de 60 alunos entre 9 a 10 anos, do 4º ano do ensino fundamental, de uma escola municipal de Curitiba. Foi utilizado um questionário com 15 perguntas abertas e fechadas, aplicado para os alunos das três turmas selecionadas para o estudo. O principal objetivo foi pesquisar a sustentabilidade do espaço da criança para o brincar na escola. Os resultados apontam que as crianças estão satisfeitas com o espaço destinado para brincar, porém, o tempo livre que permanecem na escola, poderia ser mais atrativo com a disponibilização de materiais recreativos para uso durante o tempo do brincar, destacam ainda o uso do tempo livre no pátio da escola, onde se desenvolvem as brincadeiras, não sendo permitido aos alunos que brinquem em outros locais da escola. Outro resultado importante está relacionado ao tempo do recreio destinado para brincar, sendo este o momento que mais brincam, aumentando as relações com outras crianças. De forma geral, as crianças destacam o espaço existente como suficiente e sustentável para brincar em seu tempo livre.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.