Espinosa, Alegria e Conhecimento em Educação Física

Por: Conrado Augusto Gandara Federici, Marina Souza Lobo Guzzo, Odilon José Roble e .

Pensar a Prática - v.17 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Estas são reflexões acerca da alegria como forma de conhecimento intelectual e teórico que compõe o amplo campo da educação física, como pressuposto fundamental do sujeito ao lançar-se à ação corporal e suas repercussões na ainda mais complexa área da saúde. O objetivo do texto é de ser introdutório à ideia de alegria expressa no pensamento do filósofo seiscentista Espinosa, como disparador de ressonâncias entre educação física e saúde. Foi realizada uma análise da obra Ética, amparada por pensadores da filosofia e da educação física. Chegou-se à infância como o modelo vivo das ideias de Espinosa, em que o entusiasmo da criação do mundo e da vida entra em acorde ressonante com a construção de uma forma de saúde, do corpo e sua educação, em maior liberdade e autonomia.

Endereço: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/21409

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.