Esporte Competitivo: Contribuições Psicanalíticas e Suas Implicações Para Uma Compreensão da Angústia

Por: Tania Leandra Bandeira.

2012 28/02/2012

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho aborda, a partir da constituição do sujeito, o atleta no ambiente esportivo sem considerá-lo como mero objeto de modelagem, mas como sujeito constituído de desejo e sentimentos, regulado pelo seu inconsciente e que está, para além de seus resultados. É importante que este seja incluído no contexto de sua atividade para que suas expressões tenham significado próprio. Dessa forma, tendo como referência a psicanálise freudiana e alguns de seus elementos elencados como fundamentais para a discussão do contexto esportivo de competição, esse trabalho tem como objetivo discutir as contribuições da psicanálise e suas implicações para uma abordagem da angústia nesse cenário. Para tanto, foi realizada uma revisão de literatura e foi apresentado um caso clínico de uma atleta, no qual foi empregada a escuta psicanalítica e que teve como desdobramentos efeitos sobre a relação da mesma com sua atividade esportiva, bem como com o seu técnico e equipe. A proposta de discutir o caso não é generalizá-lo para todos os atletas e nem para a prática do esporte, na perspectiva de psicanalisar os atletas, nem ensinar a comissão técnica como fazer isso, mas apontar as implicações correspondentes dessa outra vertente prática e teórica no âmbito esportivo, sobretudo em relação à angústia, aos sintomas e às inibições experienciadas pelos mesmos a cada situação, bem como incentivar a aplicação de novos modos de intervenção. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000863681&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.