Esporte do Oprimido: Utopia e Desencanto na Formação do Atleta de Futebol.

Por: Hergos Ritor Froes de Couto.

245 páginas. 2012 03/03/2012

Send to Kindle


Resumo

Esta tese desenvolve um estudo a respeito da formação do jogador de futebol. A ideia de alcançar a riqueza, o glamour e o status de um grande jogador permeia os sonhos de muitas crianças e jovens, mobilizando uma cadeia de esforços familiares e de renúncias pessoais para a realização desse anseio. Entretanto, percebe-se que o processo de seleção dos atletas no futebol tem sofrido interferências e manipulações espúrias ao esporte, provocando o desencanto de boa parte da juventude para com a carreira futebolística. Esta tese buscou demonstrar, por meio da explicitação de seu objeto: uma investigação sobre as relações que se estabelecem no processo de seleção e que se estendem pela formação e profissionalização dos atletas de futebol, verificando as problemáticas que aí emergem e que, na maioria das vezes, provocam a interrupção do projeto dos candidatos e da carreira de atletas já profissionalizados. Neste estudo, o eixo estruturante da pesquisa foi o confronto entre a utopia do jovem aspirante a jogador de futebol e o desencanto pela carreira por causa de sua transformação em bem de troca, em um mercado nem sempre oficial. Para a orientação do estudo buscou-se algumas categorias de Paulo Freire, especialmente a de relações de opressão e a de conscientização . Além da pesquisa bibliográfica, a tese resulta de uma série de dados empíricos, coletados junto a aspirantes a atleta, pais, donos de escolinhas de futebol, clubes e jogadores profissionais. Esta tese comprovou que, por mais intensa que seja a opressão na formação do atleta profissional de futebol e que ele seja o oprimido nas relações que aí se institui, ela não consegue aliená-lo totalmente, nem mesmo amordaçá-lo, silenciá-lo. Em vez disso, quanto mais oprimido, mais denunciante ele se torna, conforme ratifica essa pesquisa.

Endereço: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/477

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.