Esporte Educacional e Deficiência: o Modelo Esportivo Para Esta Interação

Por: Afonsa Janaína da Silva.

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


INTRODUÇÃO: A prática do esporte é cada vez mais difundida na sociedade contemporânea, sendo praticada em seus diversos contextos e por seus diferentes personagens em qualquer parte do mundo. O movimento inclusivo traz à tona as necessidades de um público específico, às pessoas com deficiência. As manifestações do esporte no contexto escolar podem ser as únicas alternativas à pessoa com deficiência.

OBJETIVO: Nesta perspectiva, este estudo objetivou analisar o modelo brasileiro de campeonato idealizado para as pessoas com deficiência em fase escolar, buscando compreender as relações pedagógicas que o compõe.

METODOLOGIA: A coleta de dados foi realizada junto ao órgão idealizador do campeonato, foram analisados documentos que compõem a concepção, divulgação e organização do evento, os quais datam de 2006-2007. Os resultados foram analisados através da análise de conteúdo, que possibilita a identificação de significados ocultos no discurso.

RESULTADOS: Os dados levantados demonstraram que o referido campeonato baseiase em um modelo esportivo focado na continuidade do movimento paraolímpico, distanciando-se dos ideais e necessidades do ambiente escolar.

CONCLUSÃO: Um modelo esportivo voltado ao contexto escolar e para as pessoas com deficiência deve ter seus princípios baseados na educação para autonomia e na elevação das potencialidades de seus alunos.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.