Esporte em Ascensão: a Motivação no Cheerleading

Por: A. A. Machado, K. G. Morão e Y. M. Moro.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

No ambiente esportivo os aspectos emocionais possuem grande importância para o desempenho do atleta. Durante uma disputa, um esportista passa por diversos estágios emocionais como: medo, ansiedade, raiva, coragem, vergonha, satisfação, dentre outros. A motivação, um dos fatores fundamentais para um bom rendimento esportivo, pode ser definida como um interesse espontâneo de um indivíduo sobre uma atividade a ser realizada ou como um apontamento momentâneo e intenso da atenção, execução e ação resultante a um objetivo traçado pelo indivíduo. O Cheerleading ou Animação de Torcida é uma modalidade esportiva caracterizada pelo uso organizado e ritmado de músicas, danças e elementos ginásticos com o intuito de não apenas elevar a moral dos jogadores de certas modalidades esportivas e de sua torcida fazendo com que a motivação de ambas as partes não sejam abaladas. Entretanto essa modalidade também pode ser competitiva, visando a disputa entre equipes utilizando os aspectos destacados. Contudo, para que esses objetivos sejam alcançados, os integrantes do time de Cheerleading também devem ter sua motivação sempre elevada. Para que isso seja atingido, vários fatores estão envolvidos, não apenas por elementos intrínsecos, como também elementos extrínsecos. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar os fatores motivacionais envolvidos na prática do Cheerleading e quais são os principais motivos que levam seus praticantes a competir nesse tipo de modalidade. Neste estudo participaram 22 atletas, sendo 15 do sexo feminino com idade média de 19,27 anos (± 22,27) e 7 do sexo masculino, com idade média de 18,26 anos (± 20,57), todos integrantes de um time de Cheerleading competitivo. Para a coleta de dados foi utilizado uma versão traduzida e adaptada do Participation Motivation Questionnaire, constituída por 30 questões, subdividindo-se em 8 fatores, com respostas dadas em uma escala Likert de 5 pontos (de 1 = Nada importante, a 5 = Muito importante). Os questionários foram aplicados dias antes do Campeonato Nacional de Cheerleading. Após a análise dos dados, foi possível verificar que dentre os 8 fatores relacionados com a motivação, o elemento principal para o time durante o período de pré-competição é o de Competência Técnica, seguido por Aptidão Física e Competição, enquanto o fator menos motivacional apontado foi o de Reconhecimento Social. Com isso, conclui-se com base nos resultados encontrados, que durante o período pré- competitivo, os atletas possuem maiores elementos motivacionais direcionados ao rendimento técnico e superação de limites, sendo eles físicos ou psicológicos. Com a motivação sempre elevada, os resultados serão mais eficientes para que os praticantes obtenham um aperfeiçoamento em suas performances a fim de buscarem a consecução dos objetivos previamente traçados.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.