Esporte e Migração: Contribuições Para a Compreensão a Partir do Caso Uruguaio

Por: Dante Steffano Soca.

Revista da ALESDE - v.2 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A “desterritorialização” no domínio do esporte é, talvez, uma das características mais evidentes do esporte moderno. E para o Uruguai este não é um fenômeno novo porque “migrar” faz parte de sua cultura nacional e tem, entre outras consequências, uma forte marca na organização do esporte e do sentido que lhe é dado. Este trabalho é um avanço de uma pesquisa que tem três objetivos principais. Primeiro: apresentar um quadro conceitual como uma referência para compreender o conceito de migração qualificada associada ao mundo do esporte, uma tipologia do mesmo e uma aproximação das razões que levam um atleta para migrar. Segundo: para descrever algumas características do caso uruguaio, em especial no que diz respeito ao seu esporte mais popular, o futebol. Terceiro: para rever alguns dos possíveis efeitos, positivos e negativos, que ocorrem nos países dos quais são originários.

Endereço: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/alesde/article/view/30791

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.