Esporte ou Festa? : Uma Análise Sobre o Subcampo do Esporte Universitário no Paraná

Por: João Paulo Melleiro Malagutti.

208 páginas. 2015 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Resumo: Atualmente o esporte universitário é organizado e gerido por entidades reconhecidas legalmente (Esporte/Oficial). Neste cenário, recentemente organizações estudantis organizaram-se e criaram competições esportivas próprias, com uma gestão autônoma por parte dos acadêmicos, organizados em Ligas (Esporte/Festa). No Paraná esta realidade é presente, com competições oficiais, como os Jogos Universitários do Paraná, e por competições deste novo modelo, como os Jogos Jurídicos do Paraná e os Jogos Inter-Atléticas de Maringá. Ambas as competições contam com a presença de disputas esportivas, mas diferem-se em relação às festas oficiais, presentes no caso das competições organizadas pelos acadêmicos, e foco principal deste estudo. Para isso foi elaborada uma pesquisa qualitativa descritiva direta, com a realização de entrevistas com dirigentes da Federação Paranaense de Desportos Universitários, além de entrevistas com acadêmicos organizadores do Esporte/Festa. Como ferramenta auxiliar foi criado um diário de campo a partir das observações das competições esportivas universitárias: Jogos Universitários do Paraná, Jogos Jurídicos do Paraná e Jogos Inter-Atléticas de Maringá. Como resultados encontramos alguns pontos importantes para discussão. Como primeiro ponto destacamos as festas representando o principal atrativo para os jogos, com a presença de muitos participantes externos ao meio acadêmico. A importância econômica das festas para as competições esportivas representou outro ponto importante de discussão, justificando a relação entre as festas e as competições esportivas, com os lucros das festas sendo utilizados para o pagamento da logística da competição e justificando a realização das competições em algumas cidades devido a movimentação financeira gerada pela competição. Por fim destacamos a imagem que as festas transmitem para a comunidade local onde são realizadas as competições, com reclamações relacionadas ao comportamento dos participantes das competições do Esporte/Festa, além de casos envolvendo a polícia e outras instâncias. Podemos concluir que as festas apresentam-se como um ponto de tensão entre os agentes do esporte universitário paranaense, representando um ponto de divergência entre os vários agentes inseridos no subcampo.

Endereço: http://nou-rau.uem.br/nou-rau/document/?code=vtls000220772

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.