Esporte Para Jovens Acolhidos em Abrigos Institucionais: Um Meio Para a Inclusão Social

Por: André Luís Andrade de Paula.

2011 28/07/2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse trabalho consiste em analisar como a prática do esporte, em especial a modalidade atletismo, contribui no processo de inclusão social dos jovens acolhidos nas Casas Lares Morado do Betinho, Manaíra, e na Casa de Acolhida Masculina do município de João Pessoa, enfatizando as transformações ocorridas nas suas vidas. A metodologia utilizada neste trabalho foi pesquisa social, é um processo que utiliza metodologia cientifica, por meu do qual se pode obter novos conhecimentos no campo da realidade social. Usando o enfoque qualitativo, que segundo Thomas e Nelson (2002), desde o início da década de 1980, internacionalmente, norteiam importantes pesquisas em educação física. Segundo esses autores, as pesquisas são realizadas principalmente em ambientes do dia-adia, como escolas, ginásios, outras instalações esportivas etc. O recurso metodológico utilizado propiciou um mergulho na realidade estudada e acionou a participação dos sujeitos na problemática das situações vivenciadas. Do ponto de vista teórico, discorreu-se sobre os princípios da Inclusão Social e da Exclusão Social, ao mesmo tempo em que se discutiram as bases legais dos abrigos institucionais em nível nacional e no município de João Pessoa. Os resultados obtidos revelaram que os aspectos de inclusão social estão bem claros para as crianças e adolescentes. Ao investigarmos a prática esportiva dentro e fora dos abrigos, constatamos que, devido aos graves problemas e dificuldades enfrentados por criança e adolescentes, a prática efetiva do esporte vem sendo um mecanismo que alcança plenamente a finalidade, em que esporte se propõem dentro das instituições, que é a de inclusão social, mesmo o abrigo sendo uma fonte de exclusão.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.