Esportes de Aventura Versus Exercícios e Esportes: Considerações Sobre as Regulações Motivacionais de Adolescentes

Por: , Julia Morais Manfrin e Thiago Sousa Matias.

Pensar a Prática - v.21 - n.4 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou comparar e associar as motivações de praticantes de esporte de aventura à outras modalidades. Estudo transversal de base populacional com 2.757 adolescentes da grande Florianópolis. A regulação externa é menor (0,52±0,75) para os esportes de aventura comparado a outras modalidades (0,71±0,86). A regulação identificada (aventura 2,44±1,09 – outras modalidades 2,21±1,08; p=0,035) e regulação intrínseca (aventura 2,95±0,99 – outras modalidades 2,56±1,16; p=0,01) é maior para o esporte de aventura. A regulação intrínseca está associada à escolha por esportes de aventura no lazer (OR = 0,71; IC 95% = 0,54 – 0,93). Praticantes de esportes de aventura são mais autodeterminados e os esportes de aventura podem favorecer a iniciação e a manutenção da atividade física.

Endereço: https://doi.org/10.5216/rpp.v21i4.50444

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.