Estabilidade dos Padrões Comportamentais nos 200m do Nado Peito

Por: Ana Conceição, António J. Silva, Hugo Louro e Telmo Matos.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.18 - n.4 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a estabilidade da técnica de bruços em cinco nadadores de elite numa prova de 200m usando uma análise qualitativa. A codificação do comportamento de cada nadador durante a execução de vinte ciclos de nado foi alcançado usando um instrumento de observação ad-hoc composto por um sistema de categorias e formatos de campo para detectar os padrões comportamentais (T-patterns); o software foi utilizado para identificar o comportamento técnico de estruturas estáveis. Os resultados indicaram que o comportamento da estabilidade dos nadadores variou de acordo com o nadador, como as variações de códigos em cada ronda produzido configurações distintas para determinar as diferenças entre os ciclos para o mesmo nadador. Concluiu-se que o instrumento utilizado neste estudo desempenha um papel importante, através da existência de um comportamento estável na técnica de nado de peito. Concluiu-se também que existem padrões distintos e comportamentos entre nadadores durante cada percurso de nado. 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2016v18n4p401

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.