Estabilidade do índice de Massa Corporal Entre os 8 e os 12 Anos de Idade nos Dois Sexos

Por: , Alexandre Marques, Daniel Garlipp, Gabriel Gustavo Bergmann e Thiago Lorenzi.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O estudo da estabilidade do índice de massa corporal (IMC) se justifica
pelo fato de que crianças obesas têm grandes chances de se transformarem
em adultos obesos. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi o de investigar
se o IMC é uma variável estável entre os 8 e os 12 anos de idade nos dois
sexos. A amostra foi do tipo aleatória multifásica composta por 60 alunos
sendo 26 meninos (43,3%) e 34 meninas (56,7%), sendo que as coletas
foram realizadas nos anos de 1999 e 2003. Na análise descritiva foi utilizada
a média e o desvio padrão. Na análise da estabilidade foi utilizada a
autocorrelação onde para se considerar um traço estável observa-se os
valores de r da seguinte forma: 0,30>r é baixo; 0,30<r0,60 é alta (valores
do coeficiente de correlação de Pearson entre as idades). O nível de
significância estabelecido foi de 5%, sendo utilizado nas análises estatísticas
o programa SPSS for Windows 10.0. Foram identificados valores de
autocorrelação significativos onde no sexo masculino o valor de r foi de
0,862 enquanto que no sexo feminino foi de 0,765. Sendo assim, pode-se
dizer que o IMC é uma variável considerada estável, nos dois sexos, na
amostra investigada.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/74_Anais_p395.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.