Estado de Humor dos Alunos de Uma Academia de Goiânia

Por: Augusto Cézar Rodrigues Rocha, Juracy da Silva Guimarães, Letícia Mamede Melo, Priscilla Alves de Souza, Soraya Viana Brasileiro e Walace Miranda da Silva.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


.Resumo

INTRODUÇÃO 

Estudos realizados recentemente apontam os benefícios do exercício físico no humor (RODRIGUES et al., 2018). De acordo com Brunini et al. (2015), o exercício físico tem a possibilidade de reduzir a ansiedade e a depressão, melhorar o autoconceito, a autoimagem e a autoestima, aumentar o vigor, melhorar a sensação de bem-estar, melhorar o humor, aumentar a capacidade de lidar com os fatos psicossociais de estresse e diminuir os estados de tensão nos praticantes. Segundo Rohlfs (2008) a grande maioria das pesquisas feitas tiveram como objetivo medir o estado de humor de atletas em várias situações, tornando assim escassos os estudos que abordam o estado emocional dos praticantes de atividades físicas diversas. Dessa maneira este presente estudo buscou analisar a variação no estado de humor em relação com a prática de musculação e ergometria dos frequentadores do CECAS (Centro de Esportes Campus Samambaia), com o intuito de compreender as alterações no humor decorrente de sua prática.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2019/8conice

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.