Estado Nutricional de Adolescentes Segundo o índice de Massa Corporal

Por: Rômulo Araújo Fernandes.

Motriz - v.13 - n.2 - 2007

Send to Kindle


Resumo

A prevalência da obesidade tem crescido de forma alarmante nas últimas décadas, crescimento este que precisa ser acompanhado de perto. O objetivo do estudo foi analisar a eficiência de valores críticos de índice de massa corporal específicos para a população brasileira na indicação do estado nutricional. Foram avaliados 1384 indivíduos, com idade entre 10 e 17 anos. Aferiu-se o peso corporal, a estatura (índice de massa corporal) e a dobra cutânea tricipital. Para o sexo masculino, foram observados valores de sensibilidade iguais a 43.8% (sobrepeso/obesidade) e 5.6% (desnutrição). Para o sexo feminino, os valores de sensibilidade foram iguais a 31.4% (sobrepeso/obesidade) e 5.7% (desnutrição). Os valores de especificidade foram iguais a 72.5% (sobrepeso/obesidade) e 99.1% (desnutrição) para o sexo masculino, e iguais a 84.2% (sobrepeso/obesidade) e 96.1% (desnutrição) para o feminino. Os valores críticos de Índice de Massa Corporal analisados são mais específicos do que sensíveis na indicação do estado nutricional.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/756/1029

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.