Estados de Humor, Percepção Subjetiva do Estresse e Recuperação e Condicionamento Físico da Seleção Brasileira Militar de Futebol no Início da Temporada de 2015

Por: Angela Nogueira Neves, Ivo Soares Xavier, José Mauro Malheiro Maia Junior, Mario Yoshiro Kasai e Miriam Raquel Meira Mainenti.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.8 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O constante desempenho esportivo de excelência é a realidade dos atletas, sendo importante o acompanhamento dos estados de humor e percepção de estresse e recuperação. O objetivo do  presente estudo foi traçar  o perfil dos estados de humor, da percepção subjetiva do estresse e recuperação da fadiga, correlacionando-os também com uma medida de condicionamento físico,  o volume máximo de oxigênio (VO2max),  em atletas da Seleção Brasileira Militar de Futebol. Fizeram parte do estudo 21 jogadores, entre 19 e 40 anos. Foram usadas na avaliação as versões Brasileiras do Recovery Stress Questionnaire for Athletes e da Brunel Mood Scale,  além do teste de esforço cardiopulmonar em cicloergômetro com protocolo de rampa adaptado (modulando apenas a velocidade). Todos os testes foram realizados no software SPSS15. Descritivamente, podemos verificar que os fatores de recuperação tem uma tendência a maior escore que os fatores de estresse, tanto aqueles específicos do esporte quanto os gerais. Os escores de humor negativos apresentaram média e dispersão menor que o escore de vigor. Houve associação negativa entre o VO2max e o fator de Estresse Social e o fator fadiga.  Os fatores Conflito, Bem Estar Geral e Descanso Atrapalhado variaram em função da posição de campo. A comissão técnica pode monitorar e orientar seus atletas a manejar o cansaço e desgaste de uma forma geral, não apenas no contexto esportivo, uma vez que se mostram importantes na associação com  condicionamento físico e no posicionamento em campo.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBPE/article/view/7436

Tags: , ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.