Esteróides Anabólicos e Exercício: Ação e Efeitos Colaterais

Por: Sérgio Ricardo Boff.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.18 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

A busca do aprimoramento no condicionamento físico é notória, visando melhorar a performance atlética ou com objetivos estéticos. Para isso, nem sempre se utilizam apenas técnicas de treinamento, sendo crescente a utilização de agentes ilícitos, como exemplo, os hormônios anabolizantes e substâncias estimulantes. Em relação aos hormônios esteróides anabólicos, sua utilização está alcançando níveis extremos entre os praticantes de atividades físicas, geralmente utilizadas de maneira incorreta, com doses inadequadas, colocando em risco a saúde do usuário. Esteróides anabólicos são derivados sintéticos da testosterona, tendo propriedades androgênicas e anabólicas, sua administração potencializa a síntese protéica e causa a hipertrofia da musculatura esquelética, respostas intensificadas quando combinadas com o exercício de força. Além da utilização no esporte, os esteróides anabólicos são empregados na clínica médica em situações onde é necessária a estimulação da síntese protéica.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1316

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.