Send to Kindle


Resumo

O trabalho trata da emergência do conceito de estilo de vida ativo e sedentário no contexto da promoção da atividade física e saúde contemporânea. Inspirado nos princípios da genealogia foucaultiana, aponta-se a passagem de uma concepção de ordem físico-sanitária centrada na “pregação aeróbica” de Cooper, predominante na década de 70 do século XX, para uma baseada nos princípios da vida ativa (active living), disseminada desde os anos 90 por programas tais como o Agita São Paulo. Ressalta-se, por fim, um dos possíveis efeitos deste modo de promoção da atividade física: o declínio do caráter lúdico e gregário das práticas corporais.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.