Estilo de Liderança no Contexto de Treinadores de Natação do Paraná

Por: José Roberto Andrade do Nascimento Junior, , Luciane Cristina Arantes da Costa, Maria Eloiza Fiorese Prates, Patrícia Carolina Borsato Passos e Regina Alves Thon.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.14 - n.5 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este estudo de cunho descritivo com caráter transversal teve como objetivo in­vestigar o estilo de liderança dos treinadores de natação do Paraná. Os sujeitos da pesquisa foram 33 atletas (67,3%) do gênero masculino, 16 atletas (32,7%) do gênero feminino e 6 técnicos. A coleta de dados ocorreu durante a realização da fase final dos Jogos Abertos do Paraná 2010. O instrumento de medida utilizado foi a Escala de Liderança no Desporto (ELD). Para análise dos dados, utilizaram-se o teste de Shapiro Wilk, Mann-Whitney, a Manova e Post Hoc de Scheffe (p<0,05). Os resultados evidenciaram que na comparação entre a percepção e a preferência dos atletas houve diferença significativa nas dimensões treino-instrução (p=0,001), reforço (p=0,008) e estilo democrático (p=0,020); atletas do gênero masculino têm maior preferência pelo estilo autocrático do que atletas do gênero feminino (p=0,031); não houve diferença significativa entre as dimensões: percepção dos atletas e a autopercepção dos treinadores. Conclui-se: os treinadores paranaenses da modalidade de natação apresentam o estilo democrático, utilizando-se do reforço e do treino instrução como recursos técnico-táticos para os seus treinamentos; na equipe campeã, o treinador apresentou perfil semelhante entre o atual e o preferido dos atletas que, segundo a literatura, seria o ideal para alcançar o sucesso esportivo.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2012v14n5p527

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.