Estilo de Vida: Atividades Culturais de Escolares de Santa Cruz do Sul, Rs.

Por: Luis Fernando Silveira Santos.

60 Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


INTRODUÇÃO:

O estilo de vida pode ser considerado como a maneira pela qual pessoas ou grupos se comportam e fazem suas opções nas vivências do mundo como a livre escolha ou o significado pessoal ou particular de determinado grupo, os espaços de convívio do cotidiano são os importantes aliados na qualificação do estilo de vida. É importante para um ser humano ter um estilo de vida ativo, regado por uma dieta saudável e exercícios físicos regulares. E é na adolescência que, a promoção de estilos de vida mais ativos melhoram os níveis e saúde individual e coletiva. Os comportamentos e as atitudes nessa fase da vida podem, em certa medida, predizer ou afetar a condição de saúde na vida adulta. Assim, também, a tendência de que comportamentos desfavoráveis à saúde, incorporados ao estilo de vida na infância e adolescência, sejam mais difíceis de serem modificados na fase adulta. Os jovens de hoje, têm uma certa vantagem em relação às gerações passadas, pois nunca se deu tanta ênfase à importância e à necessidade de práticas de atividade física no lazer e um estilo de vida saudável. O objetivo do presente estudo é verificar e caracterizar as atividades culturais de crianças e adolescentes entre 07 e 17 anos de ambos os sexos de escolas do município de Santa Cruz do Sul.

METODOLOGIA:

Constitui-se população desta investigação 460 escolares do ensino fundamental e médio das escolas da rede pública e privada, da zona rural e urbana de Santa Cruz do Sul, sendo 231 do sexo masculino, 229 do sexo feminino, com idade entre 7 a 17 anos. O presente estudo é descritivo exploratório. Este estudo seguiu as seguintes etapas: Levantamento de dados para revisão da amostra; Contatos pessoais e por telefone com escolas selecionadas, para esclarecimento sobre os objetivos do estudo e aquiescência ao novo projeto; Aplicação dos instrumentos de coletas de dados. Digitação dos dados em planilha eletrônica do programa estatístico SPSS for Windows;


 RESULTADOS:

Apresentamos os resultados da pesquisa realizada com crianças e adolescentes, sujeitos do estudo, através de freqüências e percentuais do total dos sujeitos. Os indicadores do estilo de vida, apresentados neste estudo, representam os hábitos de atividades, favorecidas pelo meio sócio-cultural, condições e oportunidades de vida. É importante destacar que nem todos os alunos tem as mesmas oportunidades de locais e materiais disponíveis para prática de esporte e lazer. Entre as atividades realizadas fora de casa, destacam-se fatores positivos, como passear a pé (73,7%) e andar de bicicleta (57,2%), por até duas horas diárias. O futebol também mostrou um número muito expressivo, tanto para a prática diária deste esporte por até duas horas (61,5%), bem como mais de duas horas (19,8%), sendo a prática de atividade física fundamental para uma vida saudável destas crianças e adolescentes. Em relação à participação desses alunos em grupos de atividades culturais observou-se, entre os escolares que participam, que a maioria realiza atividade na escola, porém no turno contrário ao das aulas (18,0%), seguido de atividades religiosas (15,9%) e grupo de dança (11,3%). Ressalta-se ainda que há um número bastante expressivo de escolares que não participam de nenhum grupo de atividade (49,6%). De acordo com a atividade física e de lazer que os escolares gostariam de praticar, porém não praticam, observa-se que a natação (18,7%) foi a atividade com maior predomínio, seguido de basquete (7,83%) e vôlei (6,52%).


CONCLUSÕES:

Através deste estudo que abordou as atividades culturais praticadas por crianças e adolescentes das escolas de Santa Cruz do Sul, com idades entre 7 e 17 anos, concluímos que os escolares vivem um estilo de vida resultante das oportunidades e dos aspectos que permeiam o seu meio e a sua cultura. Quanto às atividades realizadas em casa, é importante salientar que as atividades realizadas estão relacionadas ao sedentarismo, como assistir televisão e jogar videogame. Porém, observou-se ainda, entre as atividades realizadas em casa, que um número expressivo dos escolares auxiliam nas tarefas domésticas. O resultado das atividades realizadas fora de casa se mostrou positivo, com um número expressivo de escolares que passeiam a pé, andam de bicicleta e jogam futebol diariamente. Quanto à participação em algum grupo de atividade cultural, os escolares, em sua maioria, praticam atividades na escola, porém no turno contrário ao das aulas; seguido de atividades religiosas e grupo de dança. De acordo com as atividades que gostariam de praticar, porém não praticam, a natação foi a atividade que mais se destacou, seguido por basquete e vôlei. Sendo as atividades físicas muito importantes para a saúde destas crianças e adolescentes, é importante salientar que há muitas atividades relacionadas ao sedentarismo, principalmente, quando estes jovens encontram-se em casa, como assistir televisão e jogar videogame. Como o sedentarismo pode levar à obesidade, é de extrema importância controlar estas crianças e adolescentes ainda quando jovens, para apresentarem uma vida saudável quando adultos.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.