Estimativa da Massa Muscular Esquelética em Mulheres Idosas: Validade da Impedância Bioelétrica

Por: .

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.16 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo tem como objetivos: a) verificar a concordância entre os métodos da impedância bioelétrica (BIA) e da absortometria radiológica de dupla energia (DXA) para a estimativa da massa muscular esquelética (MME); e b) analisar o poder preditivo de variáveis antropométricas e da BIA para a predição da MME em idosas. Foram avaliadas 120 mulheres (60 a 81 anos), residentes na região Sul do Brasil. Mensuraram-se as variáveis antropométricas (massa corporal e estatura); a resistência e hidratação dos tecidos livres de gordura foram medidas pela técnica da BIA tetrapolar (Biodinamics - BF-310), e pela DXA de corpo inteiro (Lunar Prodigy DF + 14319 Radiation e software 7.52.002 DPX-L). A diferença entre os métodos foi verificada pelo teste t pareado, análise dos resíduos e o coeficiente de correlação. O valor preditivo das variáveis antropométricas e de BIA foi verificado pela regressão linear múltipla, adotando nível de significância de p < 0,05. Não houve diferença estatística entre os métodos para a estimativa da MME (p > 0,01). Observou-se que a BIA subestimou em média 0,8kg (IC95%: -3,7; 2,0kg) a MME, quando comparada com a DXA. Foi observada alta correlação entre os métodos (r² = 0,75; p < 0,01). A análise de regressão demonstrou que a variável da razão entre a estatura ao quadrado e a resistência (EST2/R) explica 80% da variação da MME, quando ajustada para massa corporal e idade, e essa relação é independente das variáveis de gordura corporal, hidratação dos tecidos magros e índice de massa corporal. Assim, nota-se que a equação da BIA, aqui testada, é válida para a estimativa da MME em mulheres idosas e seu valor pode ser mais bem predito pelo modelo de regressão proposto a partir da medida de EST2/R ajustada para a massa corporal e idade.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v16n2/03.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.