Estimativa da Velocidade do Limiar de Lactato de 3,5 Mmoll-¹ a Partir de Variáveis Máximas e Submáximas Obtidas em Teste Incremental em Esteira

Por: Fernando Roberto de Oliveira, Flávio de Oliveira Pires e Maria Augusta Peduti Dal´Molin Kiss.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.8 - n.1 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Em modelos preditivos, há uma ausência de estudos que tenham associado variáveis máximas e submáximas para a obtenção dos limiares de lactato. Desta maneira, o objetivo deste estudo foi verificar a possibilidade de estimativa do limiar de lactato, referente à concentração de lactato sangüíneo de 3,5 mmol.l-1 (LL3,5), a partir de variáveis máximas e submáximas obtidas em protocolo progressivo, em esteira rolante. Como variáveis preditoras, foram utilizadas a freqüência cardíaca (FC) referente à velocidade de 12 km.h-1 (FC12), a FC de pico (FCPICO), a velocidade correspondente à FC de 170 bpm (VEL170) e a velocidade de pico (VELPICO). Após executar protocolo progressivo, com velocidade inicial entre 6,0 e 10,8 km.h-1, e incrementos de 1,2 km.h-1 a cada estágio de 3 minutos 5, 46 atletas aeróbios foram divididos aleatoriamente em grupo de validação (n= 30) e grupo de validação cruzada (n= 16). A análise de regressão múltipla (método Enter) resultou na seguinte equação de predição (p< 0,05): LL3,5 (km.h1)= -3,650 + (1,042 x VELPICO), com EPE de 1,2 km.h1 (7,7%) e R² de 0,74. Não houve diferenças significativas entre os valores de LL3,5 medido e predito no grupo de validação (r= 0,86), e no grupo de validação cruzada (r= 0,79). A adição de FC12, VEL170 ou FCPICO não melhorou significativamente a qualidade do modelo. A partir destes resultados, sugerimos que a VELPICO pode estimar satisfatoriamente a velocidade do LL3,5, sem a necessidade da utilização da FCPICO ou de outras variáveis submáximas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3765

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.