Estratégia: Aproximação da Academia em Educação Física e a Indústria

Por: Charles Figueiredo Motta.

88 páginas. 2015 18/12/2015

Send to Kindle


Resumo

A necessidade de inovar e pesquisar é uma condição comum da indústria e da universidade (da academia), sendo a eficiência, aplicabilidade, economicidade e o comprometimento estratégico princípios constantes no cotidiano destas instituições. Estas características não são diferentes na academia e na pesquisa da educação física, sendo esta sinergia aplicável e encontrada neste ambiente que tem o esporte e a atividade física nas suas mais diversas faces como grande objeto de atenção e investimento. A exemplo de outras realidades como na engenharia, arquitetura e urbanismo, que já se apropriam deste tipo de aliança (COPPE, 2013). Problema: Com base nestes comentários, que comportamentos têm sido utilizados por diferentes stakeholders para aproximar ambientes classificados como estratégicos, mais especificamente, a academia de educação física e a indústria? Objetivo geral: Identificar estratégias que fomentem alianças entre a indústria e a academia da educação física, que visem a melhora da performance, agilidade de processo e notoriedade positiva destes dois meios, que podem ser elaboradas a partir da opinião dos atores que compõe estes dois ambientes. Metodologia: A proposta de coleta de dados será a partir de entrevistas semiestruturadas, obedecendo critérios de integridade na condução da mesma, levando aos sujeitos selecionados algumas informações essenciais, antes de solicitar o consentimento para a participação, por meio de uma linguagem simples, clara e objetiva, evitando termos técnicos complicados para que eles a entendam de modo pleno (ROSA; ARNOLDI, 2008). Logo após a transcrição das falas, foi dado início às análises das informações coletadas. A proposta utilizou alguns caminhos apontados por Bardin (1995), que se apoia em uma leitura detalhada de toda a transcrição, identificando palavras ou conjunto de palavras que façam sentido a lógica das buscas da pesquisa, levando assim a uma classificação e categorização de temas que possuam semelhança de sintaxe ou/ e semântica (OLIVEIRA, 2003). A presente pesquisa teve aprovação do comitê de ética em pesquisa envolvendo seres humanos junto à Plataforma Brasil do Ministério de Ciências e Tecnologia, tal parecer corresponde código CAAE40606714.1.0000.5284. Análise e discussões: O inventariado dos elementos, oriundo das falas de todos os entrevistados, dos dois ambientes, convergiram para construção e classificação de quatro grandes categorias orientadoras (BARDIN, 1995), que foram criadas após a análise dos dados: Sociedade Mandatária, Estado Viciante, Formação Descontextualizada e Sinergia. Dentro destas quatro categorias, a que ditou a métrica e fixou uma marca em todas as outras categorias que surgiram, ao longo das falas, foi a Sociedade Mandatária. Então, entendemos esta categoria, Sociedade Mandatária, que é ou deve ser a matriz original de todo pensamento, segundo os entrevistados, do ambiente acadêmico e do ambiente da indústria.

Endereço: http://www.universo.edu.br/portal/niteroi/mestrado/mestrado-em-ciencias-da-atividade-fisica/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.