Estratégias Alternativas de Implmentação do Efeito Protetor Contra o Dano Muscular

Por: Leonardo Coelho Rabello de Lima e Lívia Elias Delgado.

Conexões - v.12 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Já foi bem estabelecido que, após a realização de exercícios aos quais não se está acostumado, principalmente se esses envolverem contrações excêntricas, ocorre um processo conhecido como dano muscular (DM). Esse processo consiste na desorganização e/ou rompimento de células musculares graças a elevados níveis de estresse mecânico e/ou metabólico. Sabe-se que, após a ocorrência do DM, o músculo acometido se recupera e passa a ser mais resistente a esse fenômeno, apresentando respostas atenuadas desses sintomas, fenômeno conhecido como efeito protetor (EP). Entretanto, para a manifestação deste efeito por meio de contrações excêntricas, é necessária a ocorrência de DM de alta magnitude, o que pode não ser interessante para atletas e entusiastas da atividade física. Recentemente, diferentes estratégias de proteção contra o DM que não envolvem a realização de contrações excêntricas máximas vêm sendo apresentadas, como a realização de contrações excêntricas submáximas, contrações isométricas, treinamento de flexibilidade e aumento da temperatura muscular previamente ao exercício. O objetivo do presente estudo foi revisar essas estratégias de proteção contra o DM para melhor entender esse fenômeno. Foi realizado um levantamento em importantes bases de dados e, os artigos encontrados e considerados relevantes ao tema foram revisados e didaticamente explanados ao longo do trabalho.

Endereço: http://conexoes.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1175

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.