Estresse e Ansiedade em Bailarinos Amadores e Profissionais

Por: Cristina Landgraf Lee, e Igor Gasparini.

Revista Iberoamericana de Psicología del Ejercicio y el Deporte - v.7 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo buscou identificar situações que geram estresse em ensaios e apresentações, de bailarinos amadores e profissionais, assim como entender a manifestação da ansiedade como traço e estado. A amostra foi composta por 28 bailarinos, de ambos os gêneros, de diversas modalidades de dança. Foram utilizados o Sport Anxiety Scale -ansiedade traço-, o Competitive State Anxiety Inventory-2 -ansiedade estado- e um questionário sobre fatores determinantes de estresse. Várias situações foram apontadas como causadoras de estresse, apresentando diferenças entre amadores/ profissionais e entre gêneros. A média da intensidade da ansiedade foi moderada, coincidindo com estudos realizados entre atletas. Conclui-se que as principais fontes de estresse dos amadores referem-se aos companheiros de grupo, enquanto dos profissionais referem-se aos coreógrafos. Os dados permitem distinguir quais indivíduos precisam de auxílio para lidar com níveis altos ou percepções negativas de certos sintomas, salientando ainda, diferentes pressões entre gêneros e momentos das carreiras.

Endereço: http://www.webs.ulpgc.es/riped/docs/20120103.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.