Estresse Psicofisiológico em Mulheres Atletas de Tênis

Por: Ivete Balen.

60 páginas. 2013 28/03/2013

Send to Kindle


Resumo

O treinamento esportivo impõe aos atletas um elevado grau de estresse físico e mental, os quais têm sido relacionados ao aumento do hormônio cortisol, classificando-o como um indicador do estresse psicofisiológico. Objetivo: Analisar o estresse psicofisiológico através do cortisol salivar em tenistas de 16 e 18 anos, do sexo feminino, durante uma etapa do torneio internacional de tênis. Métodos: Participaram deste estudo 48 atletas de elite, mulheres, inscritas nas categorias 16 (n=22) e 18 anos (n=26) da Copa Guga-Kuerten. As concentrações de cortisol foram coletadas através de amostra salivar, por meio do tubo Salivette®, e posteriormente analisada pelo método ELISA. As coletas foram realizadas durante o meeting (cortisol-pré – C-pré) e logo após o término (cortisol-pós – C-pós) do jogo (até dez minutos). Os dados foram descritos pela média e desvio padrão, e analisados pela ANOVA, test-t, ANCOVA (2x2: categorias: 16 e 18 anos; e, vencedores e perdedores), utilizando as medidas de concentração de cortisol pré-competição como covariante, e correlação de Spearman, ao nível preditivo de p<0,05. Resultados: As concentrações do C-pré (8,0±3,6 nmol/L) apenas diferiram do C-pós (13,0±6,2 nmol/L) quando as duas categorias foram analisadas agrupadas (t=-7,526; p<0,000), indicando uma elevação do cortisol durante o evento esportivo. Não houve diferenças das concentrações de cortisol entre atletas perdedores e vencedores (F1,98=2,686; p=0,104). Além disso, a associação do C-pré com o ranking (0,083; p=0,602), e entre C-pós com o ranking (-0,037; p=0,818) não foi significativa, sugerindo que o posicionamento do atleta não influenciou na liberação de cortisol. Conclusão: Este estudo demonstrou que as atletas apresentaram maior concentração de cortisol após o jogo. Contudo, as pesquisas que avaliaram a influência inerente ao esporte no cortisol reportaram resultados controversos, não podendo distinguir uma tendência dos mesmos. Sendo assim, recomenda-se que futuros estudos quantifiquem outros fatores associados ao estresse, possibilitando uma melhor compreensão da interferência dos mesmos sobre o desempenho de atletas. 

Endereço: http://www.pgedf.ufpr.br/Dissertacoes.html

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.