Estruturação das Sessões de Treinamento Técnico-tático nos Escalões de Formação do Futsal

Por: Michél Angillo Saad.

101 páginas. 2002

Send to Kindle


Resumo

Este estudo descritivo-exploratório foi realizado com o objetivo de analisar os procedimentos adotados por treinadores de Futsal de base para transformar objetivos e conteúdos em atividades e tarefas de treinamento técnico-tático. Participaram do estudo jogadores de Futsal, do gênero masculino, das categorias pré-mirim (10 e 11 anos) e mirim (12 e 13 anos), e respectivos treinadores de 3 equipes em cada categoria de clubes situados na cidade de Florianópolis-SC. O instrumento para coleta dos dados foi a observação sistemática e direta dos treinamentos com o emprego de filmadora e posterior transcrição em fichas de observação, adaptado de Nascimento e Barbosa (2000). Foram coletados dados 10 sessões de treinamento de cada equipe investigada em diferentes períodos de treinamento durante a temporada esportiva de 2001, sendo identificadas e cadastradas 342 atividades. Os resultados obtidos indicam que a maior parte do tempo gasto nas sessões de treinamento são com atividades de jogo (34.3%) e treino técnico (28.5%). As atividades de fundamentação técnica constituem a maior preocupação destes escalões de formação (63.7% das atividades encontradas). As progressões de exercícios mais freqüentes foram de exercícios de fixação da técnica seguidos de exercícios de competição. Contudo, ao serem consideradas as condições de realização das tarefas, constatou-se não haver relação seqüencial de conteúdo entre os exercícios na maioria das progressões realizadas. Além disso, não haviam critérios de êxito que incidiam sobre a realização correta e resultado do movimento, cuja duração das atividades era determinada pela percepção do treinador do esforço dos jogadores em relação as tarefas e de acordo com o tempo disponível. A conduta mais freqüente dos treinadores foi de tomar praticamente todas as decisões e de supervisionar, orientar e estimular o desenvolvimento das atividades. A conduta congruente dos jogadores predominou nas atividades, principalmente aquelas que continham a combinação de fundamentos. Com relação a estruturação e a variabilidade do conteúdo das sessões, as evidências encontradas na investigação parecem não confirmar a existência de preocupação dos treinadores de aumentar gradativamente a complexidade de execução dos exercícios e aperfeiçoar detalhes específicos das tarefas. De modo geral, pode-se afirmar que na organização e estruturação das sessões de treinamento técnico-táticas prevalece a metodologia diretiva, basicamente centrada nos elementos técnicos do jogo, evidências confirmam a utilização de um modelo tradicional apoiado na metodologia do treinamento, própria do esporte de alto rendimento. A organização das sessões necessita ser revista para favorecer o processo de aprendizagem referenciado às situações práticas do jogo, buscar a diversidade de conteúdos e complementar a formação continuada de jogadores desta modalidade.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1880&listaDetalhes%5B%5D=1880&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.