Estudo Bibliográfico Sobre a Inclusão do Aluno com Distrofia Muscular de Duchenne nas Aulas de Educação Física

Por: e Angélica Cristina Pereira da Cunha.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Ao longo da minha formação e pelas experiências vividas em estágios uma temática que gerou em mim um profundo interesse durante o curso foi a inclusão dos alunos com deficiências nas aulas de Educação Física (EF). O interesse em estudar a Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) se deu a partir do momento em que tive contato com um aluno que apresentava em seu diagnóstico esta doença. Quando comecei a trabalhar na escola em que este aluno estudava a coordenação não soube transmitir a mim a informações necessárias para trabalhar com este aluno, o que gerou em mim insegurança para trabalhar com este aluno durante as aulas de EF.Segunda Fonseca, Machado e Ferraz (2007, p. 110) dentre as Distrofias Musculares (DM), a DMD se caracteriza como a segunda doença genética hereditária mais comum em humanos. As características de uma criança com DMD podem ser definidas com a presença de músculos volumosos nos antebraços e pernas, devido as infiltrações lipídicas e fibrosas, apresentado atrofia muscular no tronco, braços, coxas, cintura escapular e pélvica (SLUTZKY, 1997; WIEDEMANN, KUNZE E DIBBERN, 1992; apud FREZZA, SILVA E FAGUNDES, 2005, p. 42).O intuito inicial da pesquisa era realizar um estudo de caso, mas não teve sucesso pela falta de campo para a realização da pesquisa. Assim esta pesquisa, resultado de um trabalho de conclusão de curso, se voltou para a análise da bibliografia existente.No intuito de entender como se dava o processo de inclusão do aluno com DMD, optou-se por identificar o que já fora produzido a cerca dessa temática. Neste sentido, tem-se como objetivo da pesquisa: identificar, descrever e analisar os principais aspectos abordados pelos pesquisadores em relação ao processo de inclusão dos alunos com DMD, em especialmente nas aulas de EF.Esta pesquisa possui caráter bibliográfico e descritivo que se constitui através da literatura encontrada. Os estudos analisados são datados entre os anos de 2007 e 2011, que se encontram disponíveis em uma base de recuperação de informação de acesso público. O Google Acadêmico. A escolha desta base de recuperação se deu pela facilidade de cruzamento dos termos, por identificar diferentes tipos de produção científica a cerca da temática e pelo acesso dos trabalhos na íntegra. As palavras chaves utilizadas nas buscas dos textos foram –Duchenne e “Educação Física”, sendo esta busca realizada no dia 22 de novembro, onde foram identificados 102 estudos.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5338

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.