Estudo Comparativo da Composição Corporal de Meninos e Meninas de 7 a 10 Anos do Município de Londrina-paraná

Por: , e Patrícia B. L . Almeida.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Estudos realizados com escolares têm proporcionado valiosas informações para a compreensão do comportamento de diversas variáveis frente ao crescimento, desenvolvimento e maturação. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi comparar as características da composição corporal de escolares no município de Londrina com um estudo realizado anteriormente por GUEDES &GUEDES (1995). Para tanto, fizeram parte da amostra 217 crianças (97 meninas e 120 meninos), na faixa etária de 7 a 10 anos, residentes na periferia do município. Para estimativa da gordura corporal relativa foram utilizadas as equações preditivas propostas por SLAUGHTER et ai. (1988), a partir dos valores de espessura das dobras cutâneas tricipital e subescapular. Para comparação entre cada faixa etária específica, foi empregado o teste «t» de Student para amostras independentes, com número de elementos diferentes (p<0,05). Não houve diferença significante entre os valores encontrados pelos dois estudos com relação a gordura corporal relativa (%), nas faixas etárias estudadas. Quanto a massa magra, diferença estatisticamente significante foi encontrada somente aos 9 anos, no sexo feminino, com os maiores valores sendo encontrados no estudo de GUEDES & GUEDES. Com base nesses resultados verificou-se um comportamento semelhante entre as variáveis investigadas pelos dois estudos, o que demonstra que o fator tempo e o nível sócio-econômico não parecem exercer importante influência sobre os níveis de adiposidade em meninas e meninos de 7 a 10 anos, no município de Londrina-Paraná.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.