Estudo Comparativo dos Parâmetros Angulares da Marcha Humana em Ambiente Aquático e Terrestre em Indivíduos Hígidos Adultos Jovens

Por: Danieli Isabel Romanovitch Ribas.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.13 - n.6 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Há um grande interesse em estudar o movimento humano dentro da água, uma vez que o meio já é utilizado para treinamento e reabilitação devido às diferentes propriedades mecânicas que oferece. No entanto, há uma carência de estudos sobre as características biomecânicas do andar em ambiente aquático. O presente estudo teve como objetivo determinar as variáveis angulares do joelho e tornozelo da marcha em ambiente aquático, e compará-las com o ambiente terrestre. Fizeram parte deste estudo dezenove adultos do sexo masculino, saudáveis, com média de idade de 24 anos. Os indivíduos caminharam em ambiente terrestre e em seguida no ambiente aquático com a água ao nível do processo xifóide do esterno, com velocidade auto-selecionada e confortável. Para a coleta de dados foi utilizada a cinemetria. As variáveis angulares analisadas apresentaram diferenças significativas em ambiente aquático quando comparadas com as do ambiente terrestre. Os resultados encontrados neste estudo contribuem para um melhor entendimento do andar no AA no contexto de treinamento e reabilitação.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v13n6/03.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.