Estudo Comparativo Entre o Método Pilates® e Exercícios Terapêuticos Sobre a Força Muscular e Flexibilidade de Tronco em Atletas de Futebol

Por: Douglas Grosselli, José Luis Mancalossi, Lara Pertile, Rafael Paolo Rossi, Thaisa Chissini Vaccaro e Thiago de Marchi.

Conscientiae Saúde - v.10 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Resumo Introdução: O treinamento intenso e repetitivo de um esporte provoca a hipertrofia muscular e a diminuição da flexibilidade. Objetivo: Analisar o comporta nalisar o comportamento da força muscular e da flexibilidade dos músculos extensores de tronco. Métodos: Foram utilizados dois protocolos (exercícios terapêuticos e método Pilates® no solo) em 26 atletas de futebol. A força muscular foi avaliada com o dinamômetro isométrico de tronco e a flexibilidade com o banco de Wells e o flexímetro. Realizaram-se três avaliações: pré, pós-imediata e pós-tardia. Resultados: O protocolo de exercícios terapêuticos incrementou a flexibilidade nas avaliações pré e pós-imediata e pré e pós-tardia, no banco de Wells (p<0,05) e no flexímetro (p<0,05), não se obtendo diferenças com relação à força muscular. Já no GP não houve significância estatística no aumento da flexibilidade e força (p>0,05). Conclusão: Sugere-se que mais estudos sejam realizados, confrontando essas duas modalidades terapêuticas a fim de esclarecer todas as possibilidades de aplicação desses métodos. 

Endereço: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=92917188013

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.