Estudo Comparativo entre Programa de Musculação com, periodização Não-linear e Não Periodizado na Melhora da Força Explosiva e Nível de Testosterona Sanguíneo em Atletas Juniores de Futebol

Por: Sandro Legey Passos de Souza.

101 páginas. 2010 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo da presente pesquisa foi avaliar os efeitos de dois programas de treinamento de força na musculação, sendo um de periodização não-linear e outro não periodizado, para melhora da força explosiva de membros inferiores e o nível ,sanguíneo de testosterona de atletas de futebol. Participaram do estudo 24 atletas juniores do sexo masculino (17,72 ± 0,83 anos) de um clube da cidade de Cabo Frio – RJ, separados em dois grupos de treinamento de força, periodização não-linear ,(PNL) e não periodizado (NP). Foram realizadas avaliações de salto vertical com contra movimento (SVCM), salto horizontal (SH), teste de Flegner (TF) e nível sérico de testosterona antes e depois das 12 semanas de intervenção com 3 sessões ,semanais. A ANOVA de medidas repetidas apontou ganho significativo nos níveis séricos de testosterona nos grupos PNL (Δ%= 87%; p= 0,002) e NP (Δ%= 49%; p= 0,035). Entretanto, a magnitude desse aumento foi mais evidente na PNL em ,relação ao NP (Δ%= 36%; p= 0,009). Não foram encontradas diferenças significativas nos testes de força explosiva para os dois grupos experimentais. Os resultados deste estudo sugerem que o modelo de treinamento de força com PNL pode ser mais eficaz que o NP para o desenvolvimento da força explosiva devido ao aumento na concentração sanguínea de testosterona, pois isto propicia um ambiente mais favorável para o ganho de massa muscular.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2677&listaDetalhes%5B%5D=2677&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.