Estudo Comparativo de Métodos Para Predição do Percentual de Gordura Corporal: Uma Abordagem do Método de Dotson e Davis

Por: .

129 páginas. 1998

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo trata da comparação dos resultados obtidos por diferentes métodos para a predição do percentual de gordura corporal no ser humano (%GC). A amostra desta análise é composta de 86 indivíduos do sexo feminino e 45 do sexo masculino, teoricamente saudáveis, praticantes de um programa de exercícios. A faixa etária de ambos os grupos varia dos 15 aos 65 anos. As medidas do tecido adiposo, foram tomadas através de um compasso Lange-Skinfolds, nos pontos determinados pelos protocolos de Faulkner, Pollock & Jackson, Guedes e Oliveira. As medidas de circunferência, aferidas segundo Dotson & Davis, utilizaram, como instrumento, uma fita métrica Guillick. A análise de Variância (ANOVA), efetivada sobre os dados grupados do universo amostral feminino, revela diferença significativa no teste entre protocolos, com F(3,25) = 442,015; p0,05. Após uma normatização dos valores correspondentes ao %GC dos protocolos utilizados, testou-se a hipótese de proporcionalidade entre os resultados dos protocolos. Quanto ao sexo masculino, observa-se uma significância de 95% de certeza de proporcionalidade direta entre os protocolos. Quanto ao feminino, embora os valores das correlações sejam em termos absolutos mais baixos, também observa-se concordância entre os vários protocolos e o proposto por Dotson e Davis. Ao avaliar o nível de concordância entre os protocolos estudados sob o ponto de vista qualitativo, são estabelecidas, sob forma de intervalos, as seguintes "ranks": 1) magro, 2) atleta, 3) ideal; 4) gordo e 5) obeso. O resultado do teste de Friedman em Two-way ANOVA, feito por Ranks, denota que um indivíduo gordo poderia, por fraqueza dos níveis classificatórios observados em um protocolo, vir a ser enquadrado como obeso em outro. Através do teste não-paramétrico de correlação de classes (Spearman) observa-se que os protocolos são proporcionais. Os resultados indicam que a medida de circunferência, no caso específico, do protocolo de Datson e Davis, pode ser considerada como adequada à mensuração do %GC na população estudada.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1687&listaDetalhes%5B%5D=1687&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.