Estudo Correlacional Entre Variáveis Fisiológicas e da Composição Corporal com a Demanda de Movimentação e Velocidades de Deslocamento Durante o Jogo de Futebol

Por: Paulo Eduardo Redkva.

78 páginas. 2014 27/03/2014

Send to Kindle


Resumo

O Futebol é o esporte mais popular do mundo e é praticado por milhões de pessoas no mundo inteiro. Para tanto, um grande interesse dentro da área da fisiologia do exercício está em conhecer as possíveis determinantes da aptidão física de futebolistas. Além disso, de que maneira estas poderiam predizer o desempenho físico durante o jogo? Com isso, o objetivo do presente estudo foi investigar as possíveis correlações entre parâmetros fisiológicos, através da potência aeróbia máxima (VO2max), potência anaeróbia (variáveis do RAST), e da composição corporal através do %GC com a performance durante o jogo de 90 minutos, ou seja, distância total percorrida (DTP), velocidade máxima (Vmax), número de ações de alta intensidade (NAAI) e número de sprints (NSprints). Participaram do presente estudo 18 futebolistas profissionais, pertencentes a duas equipes de elite do futebol paranaense, com idade 23,5±2,7 anos, massa corporal 77,5±8,9 kg e estatura 177±6 cm. Os atletas foram submetidos ao teste de shuttlerun (SR20m) para determinação do VO2max, a seis esforços máximos de 35m separados por 10s de recuperação passiva (RAST) e a uma avaliação da composição corporal pelo protocolo de Falkner (1968) para estimativa do %GC. Com base nas analises por posições táticas, verificou-se que os Laterais (LAT) tiveram uma significativa maior DTP que os zagueiros (ZAG) (p=0,02) e meio campistas centrais (MCC) (p=0,03) além de realizarem significativamente mais NSprints que os ZAG (p=0,02) e meio campistas defensivos (MCD) (p=0,03). Em relação às correlações propostas, apenas o VO2max apresentou forte correlação com DTP, NAAI e NPrints. Com base nesses resultados, pode-se concluir que atletas com melhores índices no SR20m, possivelmente desenvolverão os melhores índices no jogo, pelo menos ao que diz respeito aos aspectos físicos, segundo as variáveis apontadas no presente estudo

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/35677

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.