Estudo da Demanda de Atendimento na Educação Especial do Rio Grande do Sul

Por: Alexandre Dido Balbinot.

Cinergis - v.18 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: analisar a demanda da educação especial no Rio Grande do Sul por categoria diagnóstica que caracterizou a matrícula no ano de 2015. Método: trata-se de um estudo do tipo ecológico, que foi baseado em série histórica de dados secundários. A coleta de dados ocorreu durante o mês de agosto de 2016. A análise inferencial foi composta pelo teste T de Student. O nível de significância empregado foi de p<0,05. Resultados: observou-se diferença estatisticamente significativa (p<0,001) na distribuição da quantidade de matrículas entre as diferentes categorias diagnósticas; na distribuição das matrículas para os diferentes territórios abordados (p=0,002); e, diferença na distribuição das matrículas para as diferentes modalidades de atendimento disponibilizadas (p = 0,017). Considerações finais: a formatação da educação especial no Rio Grande do Sul está, em parte, em consonância com o preconizado, ainda assim, é importante o conhecimento das características desta população atendida, tanto para o planejamento da estruturação dos serviços, quanto para formação acadêmica e continuada dos profissionais.

Endereço: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/8766

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.